domingo, 22 de março de 2009

O Meu Testemunho

Vivo com esta doença desde criança, já passei por algumas fases menos boas, entre elas, algumas complicações renais e cardiacas, mas graças à minha força e esperança, superei isso tudo.
Neste momento só sou seguido na parte de Pneumologia, pela Doutora Adelina, uma grande Médica Pneumologista, minha amiga e de quem eu me orgulho muito. Está sempre pronta a ajudar.
Não podia deixar de salientar também, de que tenho uns pais maravilhosos, que eu sei que já sofreram e continuam a sofrer com este meu problema de saúde, por isso e por tudo o que têm feito por mim, só tenho é a agradecer-lhes.
Neste blog, queria mostrar a toda a gente, que mesmo com este meu problema de saúde, que me impossiblita por vezes de fazer certas coisas, não desisto da vida, gozo-a ao máximo, nunca perco a boa disposição e a alegria de viver... adoro também contagiar as pessoas com esta minha força, esperança e alegria, para que até mesmo aquelas que estão muito pior do que eu, nunca percam a esperança de viver.
A vida é preciosa demais para ser deitada fora.
Eu irei morrer a rir e a fazer rir os outros!!!

4 comentários:

Anónimo disse...

ola bruno

E com admiraçao que li o teu testemunho,espero e desejo que tudo corra bem,mas acima de tudo que mantenhas esssa força para continuar a lutar..

zenildasocram disse...

Bruno gostaria de entrar em contato com vc urgente,para convida-lo a participar e falar um pouco da sua patologia na camara municipal de são Paulo no qual será relatado sobre doenças raras inclusive a sua.Será uma honra recebe-lo.por favor ligue 89493592 ou email zenildamartins@hotmail.com

Ana Filipa disse...

Revejo-me bastante no teu testemunho . Também eu tenho FQ e fui transplantada á 4 meses . Tenho 17 anos e sei bem o que passas . Espero que tenhas muita força e pelo que escreves , pareces ter imensa mesmo .

Beijinhos ,
AnaFilipa

Célia Pereira disse...

Olá Bruno! Continua com essa força, com essa coragem e acima de tudo com essa força de viver. Sei muito bem o que é não poder respirar, não poder fazer as coisas simples da vida, como caminhar, como rir sem ter um ataque de tosse...graças a DEUS e com a ajuda da Dr Adelina consegui o transplante...o que aconteceu a 22 de Agosto do ano passado. posso dizer-te que renasci para a vida, consigo respirar, consigo caminhar, enfim sou feliz...
Por isso força pois também tu vais vencer e nunca deixes de sorrir...
se quiseres podes visitar o meu blogue
http://www.transplantepulmonar.blogspot.com

Enviar um comentário